Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 21/06/2013

Resposta do Greenpeace à carta aberta sobre a “sonolência” do povo brasileiro

Publiquei na quarta-feira (19/6) uma “carta aberta” ao Greenpeace Brasil a respeito de uma mensagem enviada pela entidade que falava sobre a “sonolência” do povo brasilerio, que teria “acordado” com as manifestações que acontecem há duas semanas.

Fui contatado ainda ontem pelo Leonardo Medeiros, coordenador de comunicação da entidade, e publico abaixo a resposta que ele me enviou, a qual me contempla integralmente.

Agradeço ao Leonardo e ao Greenpeace pela disposição para o diálogo e reafirmo meu respeito e admiração pela entidade, bem como a convergência com vários pontos de vista que ela defende.

Prezado Rogério,

Primeiramente gostaria de agradecer por crítica tão perspicaz a texto nosso enviado a apoiadores e ciberativistas. Sua análise é precisa e relata a luta de grupos que, como nós do Greenpeace, seguem acreditando na construção de uma democracia mais participativa, inclusiva, justa enfim.

De modo algum queremos, com nossa generalização, apagar o brilho desses resistentes, deslegitimar suas causas ou reescrever os livros de História.

Sem querer oferecer escusas ou defender arduamente nossa posição, queremos apenas dizer que o referido texto é produto de um momento de epifania por tamanha catarse coletiva, que forçou políticos a voltarem atrás.

Quantas vezes, na História desse país, se presenciou tamanha mobilização de massa? Seguramente, muito menos que as vezes que assistimos decisões da elite política serem tomadas à revelia da população. Foi neste sentido que afirmamos que “o povo acordou”, bordão repetido pelos jovens de todo o país.

Se o povo estava “dormindo”, não significa que não esteve acordado antes. E como parte de movimentos da sociedade civil, nós, você e a maioria dos movimentos citados em sua carta temos um dificílimo desafio pela frente: como convencer essa massa a continuar mobilizada, ocupando as ruas e os espaços políticos por uma democracia mais participativa.

Um abraço,

Leonardo Medeiros

Coordenador de Comunicação

Greenpeace Brasil

Greenpeace

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: