Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 21/11/2013

Na comissão de Feliciano, deputado pastor faz piada com saúde de Genoíno

Uma pessoa corre grave risco de vida e um PASTOR evangélico debocha da sua condição. Se não já fosse grave suficiente um representante de uma religião tripudiar da vida de alguém, esse “humorista” ainda é um deputado federal, ou seja, representante do povo!

Foi na quarta-feira, 20 de novembro de 2013. Dia da Consciência Negra, mas, como qualquer data, sempre oportuno para a exposição de uma consciência doente e dominada por uma ideologia medieval.

Para piorar, o episódio surreal ocorreu numa comissão de direitos humanos!

Sem mais. Simplesmente assista.

Dep. Pastor Eurico (PSB-PE)

Dep. Pastor Eurico (PSB-PE)

Na mesma sessão onde o pastor comediante se revelou, a comissão presidida por Marco Feliciano (outro pastor) aprovou dois projetos contrários aos direitos LGBT, ato do qual resultou o texto abaixo, do genial Xico Sá.

PS: No vídeo, o deputado loiro que aparece também é pastor, João Campos (PSDB-GO), que adora falar em corrupção sem lembrar do governador do seu estado e companheiro de partido, Marconi Perillo – ou, como se dizia durante a CPMI do ano passado, o vice-governador de Carlinhos Cachoeira.

http://xicosa.blogfolha.uol.com.br/2013/11/21/dar-meia-hora-de-feliciano-e-o-que-ha/

Dar meia hora de Feliciano é o que há

Leio aqui na Folha.com uma manchete que não me deixa quieto neste botequim sem saideira:

“Comissão de Feliciano aprova dois projetos contra gays em meia hora”.

Desculpe ai, leitor que se ofende com palavrões e quetais, mas só aproveitando os mesmos 30 minutos do relógio deste infeliz para sugerir ao renomado pastor um clássico nacional popular de muita utilidade nesse tic-tac da história: vai dar meia hora de cu, meu rapaz.

Meia horinha… Meia horinha com o relógio quebrado, obviamente.

Todos os formadores da ideia de Nação reconhecem o fulgor de tal termo e aprovariam a recomendação deste blog fincado em terreno baldio da mídia: Gilberto Freyre, Câmara Cascudo, Sérgio Buarque de Holanda, Paulo Prado, Mathias Aires (o maior filósofo brasileiro) e Liêdo Maranhão, o melhor de todos, o homem que decifrou o fiofó a partir dos usos e costumes das ruas brasileiras. Gênio-mor seu Liêdo das Olindas e do Mercado de São José, Hellcife, Pernambuco.

Já que aprova em tempo recorde, vai dar meia hora de cu, meu rapaz.

Só assim.

Ora, relaxa, vai ver um filmaço como “Tatuagem”, de Hilton Lacerda, vossa excelência, vai ver o que é gozar a vida. Está em cartaz, praga.

Diz o telegrama noticioso:

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (20), a convocação de plebiscito para consultar a população sobre a realização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, e a suspensão da resolução do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) que abriu caminho para o casamento gay.

Tenta aproveitar cada meia hora para coisas mais saudáveis, tranqueira.

Que mancada, dona Dilma, esse capeta em uma comissão tão estratégica. Que vanguarda do atraso.

Vade retro, satanás, besta-feira, 666, besta-fubana, febre do rato, bubônica, instampô calango!

“Tatuagem” neles, seu Lacerda.

O filme que redescobriu o corpo no cinema brasileiro.

Meia hora, seu Feliciano, sei que aguentas, sei que és um flerte, “calma valente”.

Meia horinha não é nada, sai no folclore, sai na urina, daqui a pouco ninguém nem lembra, fosfosol está em falta na praça.

Que mancada, dona Dilma, essa esquerda pisca demais pro outro lado a cada esquina e depois reclama.

Só meia-horinha não dói, seu Feliciano, é como a votação sacana de hoje, quando dá fé já era, phodeu, irmão, vai por mim, boa sorte.

Vai dar meia hora de Feliciano e estamos quites. Beijo, me curte.


Responses

  1. É impossível, ao olhar para as caras destes picaretas, não se lembrar da teoria determinista de Lombroso. Está estampado na cara deles. Só não vê quem não quer. E o absurdo é estarem onde estão. E mais absurdo: dona presidentA fazendo a linha “Alice encantada”, como se nada visse nem percebesse o ridículo e esdrúxulo da situação.
    Brasil: país de todas as maracutaias.

  2. […] Uma pessoa corre grave risco de vida e um PASTOR evangélico debocha da sua condição.  […]

  3. […] See on brasiliamaranhao.wordpress.com […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: