Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 05/02/2013

Programação do carnaval Recife/Olinda 2013

Não canso de dizer: o carnaval de Recife/Olinda é o maior festival de cultura popular do Brasil.

Muito mais do que um carnaval animado e concorrido, as duas cidades-irmãs promovem a mais democrática, diversificada e irreverente festa ocorrida na Terra de Vera Cruz.

A programação de 2013, embora bem mais “econômica” do que em anos anteriores, é igualmente monumental na lista de atrações musicais e de outras artes.

Paulinho da Viola, Caetano Veloso, Lenine, Zélia Duncan, Zeca Baleiro, Siba, Titãs, Alcione e Elba Ramalho são alguns dos nomes mais conhecidos.

Milton Nascimento participará da tradicional abertura, coordenada por Naná Vasconcelos e 500 batuqueiros de dez nações de maracatu. E o Rei dos Palcos, Alceu Valença, mais uma vez comandará a apoteose na virada da terça para a “quarta-feira ingrata”.

A Turma da Joaninha - com gente de Brasília e de várias partes do Brasil e do mundo - estará presente de novo!

A Turma da Joaninha – com gente de Brasília e de várias partes do Brasil e do mundo – estará presente de novo! (Foto: Rogério Tomaz Jr. – carnaval de 2010)

Em distintos locais e momentos da folia, também vão subir aos palcos do Recife: Fafá de Belém, Roberta Sá, Emílio Santiago, Lirinha, Coco Raízes de Arcoverde, Eddie, Silvério Pessoa, Geraldo Azevedo, Mombojó, Zé Cafofinho, Odair José, Reginaldo Rossi, Fundo de Quintal, João do Morro, Jorge Aragão, Leci Brandão, Academia da Berlinda, Orquestra Contemporânea de Olinda, Otto, Nena Queiroga, Nando Cordel e muito mais.

Confira aqui a programação completa

Duas grandes ausências serão os precursores do manguebit, Nação Zumbi e Mundo Livre S/A, que aderiram a uma espécie de boicote em represália aos atrasos nos pagamentos de cachês de artistas nos carnavais anteriores. Causa justa, vale dizer. Alguns grupos ainda têm débitos a receber da prefeitura do Recife pela festa do ano passado.

Além dos nomes citados, no Recife são imperdíveis também a Noite dos Tambores Silenciosos, que acontece sempre na segunda-feira, no Pátio do Terço, e o impagável e insuperável Quanta Ladeira, que apresenta suas paródias e sátiras ácidas no fim de tarde do domingo, no RecBeat (ao lado do shopping Paço da Alfândega).

Olinda

Em Olinda, a “zoada” é maior e o destaque são os blocos de rua, tão numerosos quanto os motivos que, digamos, “inspiram” os seus nomes.

Também vale a pena ver o Desfile dos Bonecos Gigantes, que acontece na terça-feira (12), a partir das 11h, no Largo de Guadalupe.

Carnaval de Olinda com Recife ao fundo (Foto: Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda)

Carnaval de Olinda com Recife ao fundo (Foto: Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda)

A programação oficial de Olinda está aqui.

A seguir alguns dos principais blocos, seus locais de concentração e agenda.

– Enquanto Isso na Sala de Justiça: o encontro super-anárquico dos super-heróis, das super-celebridades, dos super-bizarros e de qualquer coisa fora do normal. Se reúne no domingo, a partir das 10h, em frente à igreja da Sé.

-Eu Acho é Pouco: um dos grupos mais tradicionais, o “bloco do dragão” arrasta uma multidão e enfeita de vermelho e amarelo as ladeiras de Olinda. Sai no sábado (9) e na terça (12), do mosteiro de São Bento, às 17h. E na segunda-feira, 18h, no Recife Antigo.

– Tá Bom a Gente Freva: alguns dos maiores clássicos do rock’n roll no ritmo do frevo. Sábado, 14h30, no mosteiro de São Bento.

– Ceroula: fundado em 1962, a Troça Carnavalesca Ceroula de Olinda possui uma das músicas mais cantadas no reinado momesco. Impossível passar pelo carnaval de Pernambuco sem cantarolar pelo menos uma dezena de vezes o refrão contagiante do Hino da Ceroula. Sai no sábado (9) às 16h, do Clube Atlântico, no bairro do Carmo, e na terça (12), 15h, no Largo do Guadalupe.

– Elefante: o bloco é tão importante para o carnaval de Olinda que a sua música-tema é considerada o verdadeiro hino de Olinda. Sai no domingo (10) da Rua de Guadalupe, a partir das 17h30. Na terça (12), se encontra o bloco Pitombeiras (abaixo) na rua São Bento, em frente à prefeitura de Olinda, às 19h.

– Pitombeira dos Quatro Cantos: “Nós somos da Pitombeira / Nós brincamos muito mais / Se a turma não saísse, não havia carnaval” diz o hino de outra das troças da velha guarda de Olinda, que chega em 2013 ao seu 66° carnaval. Sai na segunda (11) e na terça, sempre às 16h, da praça 12 de Março, no Carmo.

– Hoje a Mangueira Entra: muita gente disposta a homenagear a escola de samba verde-rosa acompanha este bloco, que sai da rua Joaquim Cavalcanti, no Varadouro, no sábado (9) às 14h.

– Conxitas: bloco formado apenas por mulheres percussionistas que embalam os foliões e folionas ao ritmo de maracatu, frevo, coco, ciranda e outros.  Saem sábado (9) em Olinda, às 10h, com partida em frente à FOCCA, no bairro do Carmo. Na segunda (11), também saem no Recife antigo, se concentrando às 16h na Praça do Arsenal.

– I Love Cafusú: bloco ainda relativamente jovem, mas já merecedor de uma ampla e fiel legião de seguidores e seguidoras. Sai no domingo (10), a partir do meio-dia, do Alto da Sé. O que é cafusú? Veja o vídeo abaixo e entenda o conceito.


Responses

  1. E eu que moro aqui vou ter que trabalhar em plena folia. O consolo é que a causa é justa, Rogério – em prol do Carnaval… hehe

  2. Que maravilha! E viva o carnaval de Olinda/Recife!

  3. amo o meu carnaval, adorei seu post, parabéns


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: