Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 02/07/2012

Soldado israelense é filmado chutando criança palestina

A cena do vídeo abaixo é uma metáfora perfeita para o que o governo de Israel – com aprovação da maior parte da sociedade israelense – faz com o povo da Palestina.

De novidade, apenas o registro em vídeo, pois o fato acontece cotidianamente. É duro dizer isso, mas o chute nesta criança é até um gesto leve se comparado a outras agressões que os palestinos sofrem diariamente, como mostram estas imagens.

Soldado de Israel pisa em criança palestina, depois de agredir mãe com bebê de colo

Soldado de israel ameaça crianças

Imagine se fosse um soldado palestino fazendo o mesmo com uma criança judia. Ou se fosse um soldado iraniano ou cubano chutando uma criança americana.

Como é um militar de Israel, a repercussão será pequena ou nenhuma.

Não haverá editoriais nos jornais ou telejornais e certamente a imagem não será exibida em horário nobre e nem ganhará comentários de Boris Casoy ou de outro âncora das TVs brasileiras.

A verdade é que a Palestina parece ser o bode expiatório encontrado por Israel para se vingar de todas as perseguições sofridas pelo povo judeu ao longo da história, especialmente do Holocausto de Hitler.

Leia a matéria do Estadão a respeito do episódio.

02.julho.2012 17:42:28

Militar israelense é filmado agredindo criança palestina

O jornal israelense Haaretz publicou em seu site, nesta segunda-feira, 2, um vídeo em que um policial de fronteira israelense aparece chutando um garoto palestino em Hebron. O incidente, segundo o jornal, ocorreu na última sexta-feira na cidade palestina, vizinha de Jerusalém. O garoto que aparece nas imagens, de nove anos, foi identificado pelo Haaretz como Abed a-Rahman.

As imagens foram feitas pela ONG B’Tselem. De acordo com a organização, o vídeo foi feito por um voluntário em Hebron. Dois militares são vistos no local, armados e uniformizados. Eles esperam pelo garoto, que sai de um beco perto da casa dele, de acordo com a ONG. Em seguida, um dos homens segura o menino, o atira ao chão e pergunta: “Por que você está causando problemas?”

A criança começa a chorar. Na sequência, um segundo militar se aproxima e chuta o menino, que depois é visto saindo do local. A ONG disse, segundo o Haaretz, que vai denunciar os militares.

Anúncios

Responses

  1. E o holocausto que eles impõem aos palestonos, por que não fazem alarde na mídia? Bando de nazistas!

    • Holocausto imposto? Cade os campos de concentração? Cadê os corpos? Israel tirou Gaza do Egito. Tirou a Cisjordania do Jordão e deixou como terreno palestino não oficial. Não à mortes e sim represálias por ataques contra Israel. Nos livros palestinos ensinam a jihad e já vi copias ao vivo “como matar descrentes” todos os não – muçulmanos são descrentes. Mas judes e cristãos são a referência. Odeio a sua ignorância de falar de um dos povos mais desenvolvidos do mundo que consegue isso no meio do deserto sendo atingido por terroristas. Israel não é perfeito. Mas não é assassino e mto menos suicida. Querem anexar a palestina más estão oferecendo cidadania israelense aos árabes. Queria ver um judeu na Arábia Saudita que é mais “justa” n é? Israel a terra onde jorra leite e mel é o único porto livre do ódio más o seu preconceito cego não vê!

      • Caro sionista Jose Bueno
        Usar de um livro cheio de alegorias surrupiadas à cultura egípcia e babilônica para justificar a posse de uma terra que nunca lhes pertenceu é de uma boçalidade abaixo da média. Vc fala em quem escreveu o Gênesis e lhe digo: o seu ídolo, Moisés, sequer existiu, é uma invenção barata dos verdadeiros mafiosos que tangiam seu “povo eleito” feito gado de uma roubada a outra, de uma escravidão à outra e, no caso, seu “herói” apareceu no cativeiro babilônico aproximadamente 600 a.C e foi sendo aperfeiçoado pelo folclore religioso para manter uma unidade entre um povo rebelde, ruim e belicista. Seu deus não passa de um ser terrorista, assassino, sanguinário, belicista, esquizofrênico que lhes ordena incessantemente escravizar, estuprar, pilhar, matar e e saquear em seu nome. Convenhamos, com um deus desses, quem precisa de diabo? E qualquer semelhança com a ideologia e o modus operandi do sionismo não é mera coincidência.
        Quer invocar a superioridade judia no campo da inteligência? Leia o que Sigmund Freud, judeu, escreveu sobre o seu ídolo de pés de barro, Moisés. É uma inveção. Ponto final. Não esqueça de que seu ídolo Einstein morreu ruminando ódio porque no fim suas teorias falharam e quem as provou como meio certas foram cientistas alemães. Vamos falar de literatura, artes? Fica tão fácil “ganhar” prêmios Nobel quando se manobra as cordinhas dos fantoches destes campos de atividade, vendendo lixo ideológico como arte moderna, pornografia barata como literatura, subversão e incitamento ao vício, à pornografia e à desagregação social como sétima arte, gravadoras boicotando todo e qualquer bom solista que não seja judeu. Vc deve saber, naturalmente, do que seus coleguinhas fizeram em Chicago há muitas décadas quando o jovem violinista Ruggiero Ricci despontou como um novo Paganini e seus amiguinhos – querendo que somente Isaac Stern, até então fabricado para ser o novo geniozinho do violino – fizeram: compraram todos os ingressos do concerto de gala do menino e não deixaram que ninguém assistisse ao concerto de sua premiação para que logo caísse no esquecimento da crítica e do público. E sabe quem pôs ordem na máfia, abaixo de bala? Al Capone. Isso mesmo! O bandidão podia ser ruim em muitas coisas mas sabia do poder de destruição da máfia que vc defende e mandou um recadinho aos seus “cumpanheiros”: metam-se com a sua vida. Alugou o teatro e postou vários homens armados com suas metralhadoras para defender as bilheterias de ataques sionistas e garantir a venda dos ingressos à população. O resultado foi a fragorosa aclamação pública e de crítica de um dos maiores virtuosos do violino de todos os tempos e Stern teve que se contentar com o título de vice. Um judeu amante da arte e da paz, Jehudi Menuhim, foi duramente criticado na segunda guerra quando foi convidado pelos sionistas de Londres para fazer um concerto de apoio às tropas inglesas e Menuhim propôs tocar os concertos de Beethoven e Brahms. Não gostaram. Era música de alemães. Mas ele tocou e a gravação histórica pode ser encontrada em Cd e, sinceramente, é uma das melhores interpretações que já ouvi destas duas obras. Ele dizia que queria celebrar a paz e não a guerra, segundo suas próprias palavras, e não havia ninguém mais envolvido com a procura da paz do que Beethoven. Seus “amiguinhos” tentaram jogá-lo no ostracismo mas ele já era por demais conhecido e genial para que o mundo caísse em mais uma mentira. Me cite um único compositor judeu que se destaca, já que vc faz a apologia à superioridade judia. Mendelssohn? É uma tentativa. Mas inglória. Perdeu feio para todos os seus contemporâneos e para os que lhe sucederam.
        Mahler? A tentativa desesperada de transformar a neurose em música? Convenhamos…Quer entrar na seara religiosa? Pois bem, vamos lá: vcs são malditos e perderam todo e qualquer direito à qualquer promessa divina desde o complô e o assassinato de seu enviado, o Messias, Jesus. São malditos e deverão ser errantes até o fim porque a maldição inclui o ódio de todos os povos do mundo. E sabiam desde o início e sua danação por isso enviaram seu espião-rabino, Saulo de Tarso para deturpar, esculhambar e rechear de velharias e preconceitos judaicos a mensagem de justiça, de fé e de amor deixada pelo Filho de Deus, mensagem esta que nada tem a ver com a selvageria sanguinária de seu deus pré cristão.
        A mentira sempre foi a arma desta elite farisaica que dominou a ideologia sionista mas que felizmente encontra contrapeso dentro do próprio rabinato sério que não se coaduna com este espírito da sinagoga de satanás, como bem se lê nos santos Evangelhos. Os rabinos do Naturei Karta – que vc deve conhecer, naturalmente, – são ferozes opositores ao que eles mesmos chamam de o maior crime que já pode ter sido cometido contra a humanidade, a chacina sistemática dos Palestinos, a ocupação da PALESTINA e a negação do direito de existir um estado judeu baseado exatamente na maldição da qual vcs são conjurados. Entre na net e procure por eles. Lhe garanto que se pedir explicações – inclusive sobre temas religiosos – eles as darão com muito boa vontade. Posso falar por mim: eles respondem aos emails.
        E, por fim, não perca seu tempo nem ouse atentar contra nossa paciência e inteligência com seus sofismas e meias verdades. Se retirássemos todos os fatos acima citados e os milhões mais que existem para incriminá-los, um único fato bastaria para pô-los abaixo da linha da bestialidade: ninguém que tenha sido vítima dos abusos que foi, como no caso dos judeus europeus na segunda guerra mundial, tem o direito de fazer com outrem o que lhe fizeram pelo simples fato de saber o quão duro é ser removido de sua casa, ter seus parentes trucidados e acabar morrendo em condições sub-humanas. Quem já passou por isto não pode nunca alegar inocência quando repete este mesmo ato desta feita como algoz e não mais como vítima. É este o ponto, Jose. Ninguém em sã consciência defende os sionistas porque sabe que quem usa da própria desgraça para justificar o assassinato, a tortura e o roubo das terras alheias é só uma coisa: bandido.

  2. Filho da puta!!!!

  3. Povo eleito é o cacete !!!

    • Adoram falar de apartheid. Não sabem o que é um apartheid! Muçulmanos votam em Israel estudam, fazem faculdade de graça tem saúde tudo nos mesmos hospitais. Ao contrário dos negros na África do Sul. Agora querem que judeus dêem preferencia aos árabes ao invés de judeus? Olhem para os vizinhos de Israel! Judeus decapitados por serem judeus e agora vem falar de apartheid. Ora quanta hipocrisia. E o sionismo? Errado? Deus bíblico é errado ao dizer que Deus aquela terra aos judeus? Você dizem que Deus é errado então são contra o que o senhor Deus diz. Cheirinho de carne queimada no inferno hein. Contestar Deus hahaha. Judeus expulsos pelo império bizantino judeus compram maior parte de terra desértica dos palestinos e otomanos da época e agora é Colonianismo? E o que o Islão fez ao invadir da África até a Ásia? Hj constituem mais de 50 países más um país não muçulmano menor do que o menor estado brasileiro (Sergipe) aí já é demais. Hahaha os anti sionistas são hipócritas ao invés dos muçulmanos que só na França são 5 milhões (metade dos judeus somados do mundo inteiro!) Qué se espalham os judeus querem só ter um lugar onde deles é respeitada como deve ser. E esse lugar é deles por 5 mil anos. Saíram por 2 mil e voltaram. Mas deixaram colonias lá. Quando vc sai expulso por lutar pelo seu lugar (luta e exclusão judaica do império bizantino) numa fila e volta pro seu mesmo lugar porque você pagou por ele (compra de otomanos e palestinos) vc tbm está errado de estar lá?

    • Não gostou reclama com quem escreveu o Gênesis. Ah sim. Deus. Fui eu pra ti amigo. Se tem fé em Deus e na bíblia à palavra dele. Se prepare. Dizia – se já o povo escolhido retorna ao seu lar o mundo vai te odiar más não se preocupe pois até o pequenino Davi derrotou o gigante Golias e aqueles que são contra meu povo são contra mim e aqueles cujo são a favor do povo escolhido que sejam benditos. Crendo ou não 6 países gigantes contra um minúsculo sozinho na guerra de 6 días perdem. 20% dos Nobeis dados por ajudar a humanidade dados a judeus que na humanidade são 0,02% o homem mais inteligente do mundo Albert Einstein um judeu. Pois bem o ódio dos malditos pelo senhor está aí. Sem outras visões de um Deus moderno que não manda ninguém pro inferno. Prefiro a oficial. Boa sorte no seu pensamento.

  4. Como pai, fico indignado, indignado. Um covarde desses, a covardia instalada, institucionalizada, pela força das armas e do financiamento e acobertamento dos Estados Unidos.

    • Se o senhor pai de uma pobre criatura ler e se informar. Vai ver que os vizinhos matam pessoas por serem judeus, gays, por trocar de religião (apostasia), por beber, por dirigir ( mulheres), por usar calça (mulheres). Ao invés de acreditar em uma conversa que não tem nem se quer fontes de um blog qualquer. Prefere a visão árabe teocrática colonialista (real) do que crer em uma democracia (a única do Marrocos ao Paquistão) uma democracia igual a que você vive e te dá livres direitos. Se quiser falar algo que preste leia antes!

  5. Me doeu na alma assistir a esse video. Mas graças à gente corajosa – como quem filmou o acontecido, o mundo podera reagir e sacudir a Palestina. Sem violência, claro. Um dia, num futuro nao muito distante.

  6. Outrora as vítimas que tornaram-se algozes, ou seja, os palestinos são, como dizia o intelectual palestino Edward Said: “vítimas das vítimas”.

  7. Que ironia do destino , hoje eles agem iqual aqueles os perseguiram a 60 anos atraz

  8. Depois ainda tem gente que diz não saber as razões da luta palestina. O povo além de ter seus territórios ocupados pela força das armas ainda sofrem com estas atrocidades. Se fosse o contrário, ou seja, a criança fosse israelense é muito provável que um bairro palestino fosse bombardeado, fazendo vítims civís, idosos, crianças e mulheres. É provável também que digam que a criança de 9 anos se tratava de um guerriljeiro perigoso. E assim as situações vão ficando, sem manifestação de Onu, EUA, ou qualquer outr a coisa. A esperança desse povo está em DEUS. ELE deverá intervir, algum dia, e por fim a isso.

  9. Como o povo brasileiro é ignorante! esta primeira foto não é de um soldado de Israel, porque ele esta usando uma arma AK47, e o exécito de israel não
    usa este tipo de arma; e mais o uniforme também não do exército de Israel.
    a outra foto é uma montagem, só um os ignorantes é que não percebem.
    Tenha PACIÊNCIA.

    • Mais um judeu sionista e imbecil , que quer tapar o sol com a peneira.O próprio governo sionista admitiu que o sionistazinho de merda faz parte da policia de fronteira deles, ou seja ,você está defendendo o indefensável!Além do que a organizaçào divulgadora dos fatos e uma organização judaica de direitos humanos , a B’Tselem…vc é apenas um sionista idiota.

      • Mais um judeu sionista? Qualquer um que crê e teme a Deus e já leu a bíblia viu que ele disse que a terra foi dada para eles. Se viu a história viu que foram expulsos pelos bizantinos. Compram de volta dos árabes e sendo deles deram outro nome e outra política. O antisionismo corroeu o pensamento crítico do senhor.

  10. Fumaram crack? Já vi essas imagens e um deboche aos palestinos que usam de montagens para se fazer de vítimas. Usam à “takkya” (mentir é aceito no Islão se isso fizer te der beneficios) a primeira “mulher” de burka é uma criança com uma boneca não filho isso está na CNN deixem de ser burros e preguiçosos e pesquisem e aquela arma não é israelense (não me lembro o nome mas vi que era paramilitar palestina) eles só está mostrando como se defender. Os pés atrás são de palestinos. Acham que eles não iriam fazer nada? Lol e a foto abaixo é um homem revistando uma mulher com uma sacola. Não sei se vocês sabem mas a segurança em Israel é alta existem muçulmanos ao redor e o Alcorão não é muito pacífico quando fala sobre como lidar com eles 😉 Não acreditem no primeiro blog que vocês vêem que não tem nem fonte 😉

  11. http://latimesblogs.latimes.com/world_now/2012/02/viral-photo-of-israeli-soldier-appears-fake.html


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: