Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 30/03/2012

Novo livro de Eduardo Galeano – Los hijos de los dias

ATUALIZAÇÃO – 22/08/2012: Saiu há poucos dias a edição brasileira do livro. Mais detalhes no site da L&PM Editores.

Na próxima terça-feira (3) o belo e tradicionalíssimo teatro Solis, em Montevideu, receberá o escritor Eduardo Galeano para uma leitura de alguns trechos do seu novo livro, “Los hijos de los dias” (Os filhos dos dias).

A sessão é aberta ao público e gratuita. As entradas começaram a ser distribuídas, no próprio teatro, no dia 20 de março.

Foto: Rogério Tomaz Jr.

O livro deve chegar às livrarias do Uruguai, Argentina, Espanha e México na próxima semana.

Capa da edição em espanhol e ilsutrações do novo livro de Eduardo Galeano (Imagem: Siglo XXI Editores)

No Brasil, a editora L&PM já anunciou que Eric Nepomuceno está traduzindo a obra, que deve ser lançada ainda neste semestre.

O livro traz 366 histórias, uma para cada dia do ano, contadas no conhecido “estilo Galeano”.

O diário argentino Página 12 divulgou dez textos e reproduzo aqui, com a ousadia de traduzir livremente quatro deles, com o perdão de Cervantes e do próprio Galeano. ATUALIZAÇÃO – 22/08/2012: os textos abaixo em português estão como os traduziu Eric Nepomuceno na edição brasileira do livro.

No dia 21 de abril, Galeano estará na Feira do Livro de Buenos Aires para lançar o livro.

Foto: Rogério Tomaz Jr.

22 de março

Dia da água

De água somos.

Da água brotou a vida. Os rios são o sangue que nutre a terra, e são feitas de água as células que nos pensam, as lágrimas que nos choram e a memória que nos recorda.

A memória nos conta que os desertos de hoje foram os bosques de ontem, e que o mundo seco foi mundo molhado, naqueles remotos tempos em que a água e a terra eram de ninguém e eram de todos.

Quem ficou com a água? O macaco que tinha o garrote. O macaco desarmado morreu de uma garrotada. Se não me engano, assim começava o filme 2001, uma odisseia no espaço.

Algum tempo depois, no ano 2009, uma nave espacial descobriu que existe água na lua. A notícia apressou os planos de conquista.

Pobre lua.

22 de setembro

Dia sem Automóveis

Os ecologistas e outros irresponsáveis propõem que por um dia, o dia de hoje, os automóveis desapareçam do mundo.

Um dia sem automóveis? E se esse exemplo se contagia e passa a ser todos os dias?

Deus não permita, e o Diabo tampouco.

Os hospitais e cemitérios perderiam sua clientela mais numerosa.

As ruas se encheriam de ciclistas ridículos e patéticos pedestres.

Os pulmões já não poderiam respirar o mais saboroso dos venenos.

As pernas, que tinham se esquecido de caminhar, tropeçariam em qualquer pedrinha.

O silêncio aturdiria os ouvidos.

As autopistas seriam desertos deprimentes.

As rádios, as televisões, as revistas e os jornais perderiam seus mais generosos anunciantes.

Os países petroleiros ficariam condenados à miséria.

O milho e a cana de açúcar, agora transformados em comida de automóveis, regressariam ao humilde prato humano.

28 de setembro

Dia do direito à informação

Talvez seja oportuno lembrar que um mês e pouco depois das bombas atômicas que aniquilaram Hiroxima e Nagasaki, o jornal The New York Times desmentiu os rumores que estavam assustando o mundo.

A 12 de setembro de 1945. esse jornal publicou, em primeira página, um artigo assinado pelo seu diretor de temas científicos, William L. Laurence. O artigo saía de encontro às versões alarmistas e assegurava que não havia nenhuma radioatividade nestas cidades arrasadas e que a tal radioatividade não era mais do que uma mentira da propaganda japonesa.

Graças a esta revelação, Laurence ganhou o prêmio Pulitzer.

Tempos depois se soube que ele cobrava dois salários mensais: o The New York Times lhe pagava um e o outro vinha do orçamento militar dos Estados Unidos.

12 de outubro

Dia do descobrimento

Em 1492, os nativos descobriram que eram índios,
descobriram que viviam na América,
descobriram que estavam nus,
descobriram que existia o pecado,
descobriram que deviam obediência a um rei e a uma rainha
de outro mundo e a um deus de outro céu,
e que esse deus havia inventado a culpa e o vestido
e havia mandado que fosse queimado vivo quem adorasse
o sol e a lua e a terra e a chuva que a molha.

Domingo, 18 de marzo de 2012

http://www.pagina12.com.ar/diario/lecturas/33-189859-2012-03-18.html

Los hijos de los días

Así se llama el nuevo libro de Eduardo Galeano. Tiene forma de calendario. De cada día nace una historia. Ya los hijos de los días se están echando a caminar en librerías. Aquí se ofrecen algunos.

MARZO 30

Día del servicio doméstico

MARZO 22

Día del agua

ABRIL 28

Día de la seguridad en el trabajo

AGOSTO 30

Día de los desaparecidos

SETIEMBRE 11

Día contra el terrorismo

Coco Cano

SETIEMBRE 22

Día sin autos

SETIEMBRE 28

Día del derecho a la información

OCTUBRE 12

Día del Descubrimiento

NOVIEMBRE 22

Día de la música

DICIEMBRE 18

Día del emigrante


Responses

  1. […] de Rogério Tomaz Jr. para um dos 366 textos de Os filhos dos dias (Los hijos de los dias), novo livro de Eduardo […]

  2. grande notícia, rojão! abraço!

  3. Que bacana! Gostaria de poder ir ao lançamento ou pelo menos na Feira do Livro em Buenos Aires… Mas… como não posso, já me contento em comprar o livro, assim que for lançado.🙂

  4. Roogério,

    excelente la divulgación de todo ese material físico-simbólico,
    seguramente la presentación en el hermoso Teatro Solis guardara esa noche entra las más cálidas y musicales…

    gracias,
    pedro

  5. […] O livro é uma espécie de calendário e traz um pequeno texto para cada dia do ano. Mais detalhes já dei aqui no blog. […]

  6. […] no seu mais recente livro, o escritor – tido por amigos como “um perigo como motorista” – dedica um texto […]

  7. […] Galeano – Os filhos dos dias. L&PM Editores. Tradução de Eric […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: