Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 29/10/2011

Poesia do Dia (17) – Patativa para os imbecis preconceituosos

As especulações sobre possível anulação do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) desataram uma onda de comentários preconceituosos contra o povo nordestino.

Não vou me dar ao desprazeroso trabalho de listar as ofensas.

Apenas deixo a resposta de um dos maiores poetas desse país, um cearense semi-alfabetizado que escreveu alguns dos mais belos textos desse tão lindo, imenso e contraditório Brasil.

*****

Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece e procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome, pergunto o que há?
Eu sou brasileiro, filho do Nordeste,
Sou cabra da peste, sou do Ceará.

(Patativa do Assaré)

Patativa do Assaré – Cabra da peste

Anúncios

Responses

  1. arrocha cabra da peste … sou cearense ….


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: