Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 04/08/2011

A diferença entre esquerda e direita ou conheça os energúmenos (ou enrustidos) que aprovaram o Dia do Orgulho Heterossexual

Esta é a lista de votação na Câmara de Vereadores de São Paulo (SP) que criou o Dia do Orgulho Heterossexual.

Lista evidencia a principal diferença entre esquerda e direita: a defesa da igualdade.

Como disse o Bruno Ribeiro (@brsamba) no Twitter, “tenho orgulho de ser da esquerda” em momentos como esse, onde a estupidez humana atinge seu grau mais elevado e insidioso no ataque à luta pela igualdade de direitos.

O italiano Norberto Bobbio, no seu importantíssimo livro Direita e Esquerda: Razões e significados de uma distinção política” (Edusp, 2001), deixa nítida a principal diferença entre os dois polos ideológicos: a defesa ideológica e a busca na prática política cotidiana da igualdade.

Se o autoritarismo não é privilégio da direita, é inquestionável que a ideologia liberal clássica entende explicitamente como justa (e implicitamente como necessária) as diferenças sociais, políticas e jurídicas no tratamento aos indivíduos. Essa é a essência que serve de fonte para boa parte dos preconceitos contemporâneos, ainda que todos ou quase todos tenham um histórico secular. Não foi à toa o surgimento da “gente diferenciada” de Higienópolis.

Sou heterossexual convicto, mas jamais fui oprimido, discriminado, ofendido ou agredido física ou verbalmente por conta da minha orientação sexual. O mesmo não se pode dizer da população LGBT, que tem uma essoa morta no Brasil a cada dois dias (em média), fora os casos não notificados ou não considerados crimes de homofobia.

Para quem não acompanha esse debate, vale lembrar a notícia do ataque que sofreram pai e filho por andarem abraçados e terem sido confundidos com gays. Coisa de machão, termo que é cada vez mais sinônimo de estúpido.

Aliás, essa lei criando o Dia do Orgulho Heterossexual não passa disso: estupidez pura. Obra de seres estúpidos (ou enrustidos recalcados) que foram elevados à condição de representantes da sociedade graças ao voto de muita gente que pensa como eles. Não surpreende, portanto, embora revolte.

Adivinha de quem partiu a proposta? Do edil Carlos Apolinário, da Arena, que já foi PDS, PFL e hoje é o partido travesti (com perdão aos bravos e digníssimos travestis) que não tem vergonha de usar o nome Democratas.

Quem sabe algum dia aparece uma Gangue dos Carecas Gays para espancar “machões” como os vereadores que aprovaram essa excrescência. Aí, sim, o orgulho heterossexual terá alguma justificativa.

Enquanto isso não ocorre – e jamais vai acontecer – seguimos na luta por direitos e igualdade. E o orgulho que ostento é o de pertencer à esquerda política da sociedade.

Anúncios

Responses

  1. PT e partidos aliados são a favor do homossexualismo, e da homossexualização das crianças! Isso sim é que é uma VERGONHA!

    • Danilo, você está mentindo descaradamente. Se é cristão, deveria ter vergonha disso. Você não vai para o céu mentindo desse jeito.

  2. Mas cadê tua foto, Danilo? Onde está o orgulho hetero?

  3. por que o ‘orgulho hetero’ (tão estúpido quanto o ‘orgulho gay’) seria sinônimo de se bater indiscriminadamente nos homossexuais, como vc sugere ao citar o caso do ataque ao pai e filho abraçados?

    na minha modesta opinião, você está combatendo estupidez usando outra estupidez como arma.

    • Não, prezado Araújo. Estou manifestando minha indignação diante de uma estupidez injustificável sob qualquer ponto de vista, exceto o ponto de vista dos estúpidos e dos defensores dos estúpidos que não conseguem fazer uma leitura crítica da realidade.

      • mas vc n repondeu a pergunta:

        “por que o ‘orgulho hetero’ (tão estúpido quanto o ‘orgulho gay’) seria sinônimo de se bater indiscriminadamente nos homossexuais, como vc sugere ao citar o caso do ataque ao pai e filho abraçados?”

      • A sua pergunta é conveniente para o seu raciocínio. Posso lhe perguntar por que você iguala orgulho gay e orgulho heterossexual se a realidade prova (a não ser que você ache que é invenção o dado de um assassinato de uma pessoa LGBT a cada dois dias apenas pela sua orientação sexual) que são situações completamente distintas, mas aí cai por terra sua tese de que são, ambos os orguhos, estúpidos. Vai procurar outro pra pegar com sofismas. Não colam comigo.

  4. Só pra ficar claro, igualo os ‘orgulhos’ em estupidez. Orgulho de ser alguma coisa ou de apenas fazer número em um grupo me parece pequenez de pensamento. Orgulho aceitável é pelo que se contrói na vida. Atos. Ações.

    É perfeitamente possível ser um pulha homo ou hetero.

    Sua estatística é peça de propaganda. e só. Pode representar números verdadeiros (e qualquer um com dois neurônios sabe que não o são) e pode estar longe da verdade ao mesmo tempo (uma particularidade da estatística). Só duas pessoas sabem as circunstâncias de um assassinato: o assassino e o morto.

    Se há um sofista no recinto (além de extremamente preconceituoso), não sinto em informá-lo, é vc, rapaz.

    Melhoras!

    • Sei. A luta pelo reconhecimento de direitos e pelo fim da violência, do preconceito e da discriminação dos LGBTs não é feita de atos e ações (como as diversas paradas do orgulho que você considera estúpido) é também só uma estatística ou é estupidez também?
      “Só duas pessoas sabem as circunstâncias de um assassinato: o assassino e o morto. ”
      Informe-se mais e melhor. Ou passe no oculista da realidade.

  5. SImples. Homos precisam de orgulho pra se equipararem em poder aos heterossexuais. Que como são tidos como normais, NÂO SÂO ALVO DE discriminaçãoe violkencia e portanto NAO PRECISAM DE ORGULHO,mas de PERDER O ORGULHO. Heteros machistas precisam é de vergonha…

  6. Já no caso de HOMENS HETEROS BRANCOS MAIS VELHOS ESTAO SENDO CADA VEZ MAIS ALVOS DE PRECONCEITO ANDROFOBICO MACHISTA E temos que perceber isso. Não precisamos de orgulho precisamos ser reconhecidos como humanos e portanto termos direito a respeito tambem, (que estamos perdendo devido as atitudes machistas burras como essas

  7. Não é questão de hétero ou homo, creio que pela constituição todos tem liberdade de expressão e manifestação desde que não causem danos a outrem, creio que sejam héteros ou homossexuais deveriam mesmo é se preocupar com toda a bandalheira que existe nesse pais ao invés de fazer guerra de sexo, sou hétero e sentiria muito se um filho meu fosse homossexual, por outro lado existem coisas piores que vemos por ai como drogas, criminalidade e corrupção então reflito e penso que poderia ser algo pior, pois bem Deus deu o livre arbítrio pra cada um fazer de sua vida melhor ou pior e isso só caberá a ele decidir qual o melhor caminho, ou seja já esta na hora de cada um se preocupar com o que faz com sua vida ao invés de se incomodar se fulano ou beutrano é gay, acho que o pais tem coisas mais relevantes pra serem discutidas e protestadas nas ruas do que gays ou heterossexuais,
    Tem muita coisa podre que merece protesto e acabando com isso creio que o povo um dia estará mais preparado pra discutir sobre sexualidade.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: