Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 27/07/2011

O vendedor de rosas em Buenos Aires

No Cafe La Poesía – bar literário, café de arte, esquina de encontro – há um aviso: proibida a entrada de vendedores ambulantes.

Cafe La Poesía, Calle Chile con Bolívar, Buenos Aires, Argentina

“Prohibida la entrada de vendedores ambulantes”

Só o vendedor de rosas entra e transita à vontade.

Só o vendedor de rosas entra no La Poesía

Coerência.

O que seria das rosas se não houvesse a poesia?


Responses

  1. E as rosas inspiram a poesia em uma harmoniosa relação.Vivam as rosas e a poesia e as pessoas que ainda se encantam com ambas

  2. que lindo isso… gostei pra caramba!

  3. Que bueno! E a sacada só podia ser sua! quem ia notar essa placa e perceber isso? Você!

  4. iH, e vendedor de poesia, como os que pululam em bares ;restaurantes como o Beirute, em Brasilia?

  5. Que delicadeza, rogerio! adorei!

  6. adorei o toque muito bom ,sensivel e de beleza singela esse teu olhar!!!
    PARABENS pelos otimos textos!!!

  7. Lindo!!

  8. O belo
    perfume das rosas embriaga os seus frequentadores


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: