Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 04/04/2011

O Maranhão perde um lutador: faleceu Jackson Lago

Jackson Képler Lago. Nascido em Pedreiras, interior do Maranhão, a 1 de novembro de 1934, faleceu na tarde desta segunda (4), em São Paulo, em consequência de um câncer de próstata.

Lago estava internado no Hospital do Coração desde o último dia 30, devido a uma grave piora no seu estado de saúde.

Médico por ofício, político por opção, dedicou a maior parte da vida à luta política por um Maranhão justo e democrático.

Aliado de Brizola na fundação do Partido Democrático Trabalhista (PDT), sigla à qual se manteve fiel até seu último respiro, o “doutor Jackson”, como era chamado, foi o principal adversário da oligarquia Sarney desde os anos 60 até ser injustamente cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2009, quando exercia o mandato de governador do estado.

Eleito prefeito de São Luís em três ocasiões, representou para milhões de maranhenses a esperança na derrota da oligarquia.

Eleito governador em 2006, numa eleição de resultado apertadíssimo, teve seu efêmero governo marcado pelas fortes pressões político-midiáticas de Sarney, por um lado, e pelo comando inepto dos tucanos, por outro.

Após a cassação, um golpe jurídico de Sarney — que já tinha na conta a cassação do senador João Capibaribe e de sua esposa, a deputada federal Janete Capibaribe — junto aos togados do TSE, Jackson passou por vários ciclos de depressão e jamais conseguiu recuperar plenamente a disposição que o movia na busca dos seus ideais.

A luta contra o câncer, que vinha desde 2004, embora o tenha debilitado fisicamente, não o impediu de continuar firme a luta política.

Jackson Képler Lago (Pedreiras/MA, 1-11-1934 - São Paulo/SP, 4-4-2011)

Atribuo-lhe dois grandes equívocos na sua trajetória: a aliança com Roseana Sarney na eleição à prefeitura de São Luís, em 2000, e, ao longo da última década,  a “fusão branca” do PDT com o PSDB, legenda que, no Maranhão, é tão ou mais nociva do que a própria oligarquia Sarney.

Essa aliança com os tucanos levou Jackson e o PDT, entre outras coisas, a apoiarem o tucano João Castelo à prefeitura de São Luís em 2008, num episódio que entristeceria Leonal Brizola, caso estivesse vivo.

Só para constar, Castelo, entulho da ditadura e ex-governador biônico responsável por um dos episódios de maior brutalidade da história recente do Maranhão, o massacre de estudantes que faziam a Greve da Meia Passagem em 1979, está fazendo o pior governo da capital dos últimos 30 anos.

Apesar das contradições, algo inerente à vida e, ainda mais, à política, Jackson Lago tem lugar cativo na galeria dos grandes lutadores por justiça e democracia no Maranhão.

Que os inúmeros belos e grandiosos momentos da sua vida inspirem e animem a continuidade dessa luta.

Meus sentimentos de pesar à família Lago, especialmente à esposa do doutor Jackson, Clay.

Anúncios

Responses

  1. rogério, parabéns pela leveza, ponderação e pela sinceridade que normalmente não se veem nos obituários, sobretudo nos de ‘pessoas públicas’.

    mais do que o sobrenome, jackson parecia mais ser um rio, que tinha toda a força quando exigido, mas que vez por outra desviava seu curso…

    aliás, estou quase para criar um blog conexão rio-ceará para ter um espaço real-virtual para depositar minhas impressões sobre essa cidade/estado.

    abração,

  2. O “velhinho” como era carinhosamente chamado por mim e por vários amigos na época em que morava no MA deixou a sua marca como político nesse estado, pela luta incessante contra o clã Sarney, principalmente nas últimas eleições para o Governo. Pena ter sido arrebatado do cargo em 2009 por uma manobra do bigodudo do Senado.
    Mas enfim, ele deu sua contribuição para a democracia no estado.
    Descanse em paz velhinho.

  3. O Vice-presidente do Partido Ecológico Nacional – PEN, Mário Felipe, expressa seu profundo pesar pelo recente falecimento do ex-governador Jackson Lago. “Gostaria de dar uma palavra de conforto e de força à família. Todos temos a noção do que representam o sofrimento e a perda de uma pessoa tão querida”.
    O povo maranhense perdeu uma de suas figuras mais ilustres. “Jackson Lago demonstrou, mesmo na adversidade da luta contra a doença, muita garra e resistência, o que compactua com o povo do maranhão, um povo lutador. Ele é a representação do que são a energia e a força que compõem o brasileiro”.

  4. eis um belo obituário. em geral, estes espaços santificam políticos, como se a morte fosse borracha e lhes apagasse todos os erros (vide o comportamento em geral em relação ao ex-vice-presidente josé alencar). apesar dos erros, não há como diminuir a importância de jackson lago para a política recente do maranhão. abração!

  5. Jackson representa muito para o Maranhão…Não será esquecido, nem sua vida, nem sua luta!!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: