Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 12/12/2010

É hoje e ao vivo: programa Ver TV debate Big Brother e Ética na TV

Criada em 2002, a partir de proposta aprovada na VII Conferência Nacional de Direitos Humanos, a campanha “Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania” é o  mais importante instrumento de monitoramento e aperfeiçoamento da programação televisiva brasileira aberto à participação da sociedade.

Os (tu)barões da mídia e seus porta-vozes — normalmente chamados de colunistas — costumam dizer que o controle remoto é a melhor forma de democratizar a comunicação no Brasil, referindo-se à influência que os índices de audiência pode ter sobre a programação.

Falácia total. Em qualquer área completamente dominada pelo mercado, prevalecem sempre os interesses de quem paga sobre os de quem possui direitos e luta por eles. Os exemplos são inúmeros* e esse texto não tem essa pauta.

Pior: muitos governantes, inclusive (infelizmente) a presidente eleita Dilma Rousseff, em entrevista logo após o segundo turno, endossam essa tese ridícula do “controle remoto”, que não cola em nenhum país sério, mas aqui é difícil de superar.

Em qualquer democracia minimamente forte, os indivíduos e setores organizados possuem o direito de questionar na Justiça aquilo que consideram uma violação de direito. No opinião da maioria dos meios de comunicação comerciais, qualquer proposta de regulação da mídia — para que sejam evitados abusos e a lei seja respeitada — é atacada como censura.

Voltando à campanha, neste domingo (12), será realizada o 6º Dia Nacional contra a Baixaria na TV.

A principal atividade será a realização de uma edição especial, ao vivo, do programa Ver TV, apresentado pelo professor e jornalista Laurindo Leal Lalo Filho, a partir das 17h (de Brasília), na TV Brasil e na TV Câmara.

O tema será “Big Brother Brasil e a Ética na TV”.

No estúdio estarão o jornalista e autor do livro “A Dinâmica dos Reality Shows na TV Aberta Brasileira”, Cláudio Ferreira, a Procuradora Federal dos Direitos do Cidadão, Gilda Carvalho, e a ex-BBB e Doutora em Linguística, Elenita Rodrigues.

Qualquer telespectador(a) poderá participar do programa através do Disque Câmara (0800 619 619), do e-mail vertv@tvbrasil.org.br ou pelo Twitter: http://twitter.com/programavertv

BBB: campeão da baixaria na TV brasileira

Importante registrar que a campanha é coordenada pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), em parceria com diversas entidades da sociedade civil. O site da campanha possui mais detalhes: www.eticanatv.org.br

Ademais, a CDHM entrou recentemente com um representação junto ao Ministério Público Federal para que seja formalizado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a TV Globo. O pedido toma como referência as centenas de reclamações de telespectadores contra o reality show “Big Brother Brasil” registradas pela campanha durante a última edição do programa.

Mais detalhes sobre o pedido da CDHM ao MPF estão na notícia abaixo, da Agência Câmara.

Participe do programa! Em vez de futebol, acompanhe e participe do debate sobre a programação televisiva brasileira!

05/11/2010 16:35

Comissão pede ação do MP para evitar baixaria no Big Brother

Link original (com áudio de entrevista da deputada Iriny Lopes, presidente da CDHM, à Rádio Câmara)

As manifestações de homofobia e discriminação racial e de gênero registradas nas edições anteriores do Big Brother Brasil (BBB), da Rede Globo, provocaram uma ação preventiva da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. O colegiado solicitou ao Ministério Público Federal que convoque a emissora para assinar um termo de ajustamento de conduta (TAC) com o objetivo de evitar violações de direitos humanos no BBB11, que vai ao ar no próximo ano.

Em ofício enviado nesta quinta-feira (4) à procuradora federal dos Direitos do Cidadão, Gilda Carvalho, a presidente da comissão, deputada Iriny Lopes (PT-ES), sugere que a emissora se comprometa a transmitir o programa em horário que haja menor exposição a crianças e adolescentes.

O termo também deverá garantir, segundo a comissão, que a Rede Globo informe o Ministério Público sobre o conteúdo dos contratos firmados com os participantes do BBB11. E observe as recomendações do Conselho de Acompanhamento da Programação Televisiva da campanha Quem Financia a Baixaria é Contra a Cidadania.

Ainda de acordo com a comissão, a emissora deve contratar empresa para realizar auditoria no resultado das votações promovidas pelo programa, “considerando as suspeitas levantadas por cidadãos sobre possível manipulação dos números”.

Fuso horário
Iriny Lopes ressalta que a iniciativa da comissão é provocada pelas “centenas de reclamações de telespectadores sobre a exposição de nudez em afronta à legislação de proteção às crianças, especialmente nos estados com fuso horário diferente do de Brasília”. A diferença de fuso, diz a deputada, resulta “na exibição de programas impróprios para crianças em horários em que elas estão acordadas, muitas assistindo televisão.”

O pedido da comissão também cita casos de discriminação veiculados no programa. No BBB10, a Justiça obrigou a emissora a prestar esclarecimentos à população sobre as formas de contágio do vírus HIV. A decisão judicial foi motivada pela veiculação de uma opinião homofóbica de um dos participantes, segundo o qual “homens héteros não contraem o vírus”.

Campanha
A campanha “Quem financia a baixaria é contra a cidadania” foi lançada em 2002 pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias, em parceria com entidades da sociedade civil. Por meio do telefone 0800-619-619, os telespectadores podem fazer denúncias sobre a programação das emissoras de televisão.

O resultado é divulgado no “Ranking da Baixaria na TV”. No último, que reúne registros de agosto de 2009 a abril de 2010, o Big Brother Brasil 10 aparece em primeiro lugar, com 227 denúncias de “desrespeito à dignidade humana, apelo sexual, exposição de pessoas ao ridículo e nudez”. O número corresponde a mais da metade do total de reclamações recebidas no período – 391.

Anúncios

Responses

  1. O Rodrigão está se achando o cara é bom demonstrar aquilo que és e não ficar seolhando como pavão…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: