Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 29/10/2010

O “jornalismo” de “referência” e o chilique do blogueiro da família Sarney

Tenho várias pessoas queridas, sérias e competentes, que trabalham no Sistema Mirante de Comunicação, o grupo de mídia da família Sarney. Todas elas conhecem bem a minha franqueza e transparência nas opiniões que emito, bem como o respeito que tenho por elas.

Dito isso, registro que estou completamente estupefato com as palavras que um dos colunistas (ou seria melhor a alcunha calunista) do jornal O Estado do Maranhão e blogueiro associado do portal iMirante, Marco Aurélio D’Eça, dirigiu ao Zema Ribeiro, por conta de comentário postado por este no seu blog.

Zema, conhecido jornalista e militante cultural de São Luís, questionou a divulgação enganosa de um show que vai acontecer em São Luís em novembro.

Bandas covers de ABBA e Creedence Clearwater Revival foram sutilmente sugeridas como as originais. Picaretagem comum, denunciada pelo Zema em primeira mão.

Até aí, nada demais, além de puro jornalismo.

Só que o blogueiro — não sei se posso chamá-lo de jornalista — da Mirante (anagrama de mentira) deu chilique.

Publicou um texto atacando, sem citar, os questionamentos feito pelo Zema (e reproduzidos por outros blogs) e associando a denúncia à atuação de uma suposta “quadrilha”:

Quadrilha que monopoliza shows em São Luís tenta minar espetáculo Creedence/Abba
http://marcoaureliodeca.com/2010/10/27/quadrilha-que-monopoliza-shows-em-sao-luis-tenta-minar-espetaculo-creedenceabba/

A quadrilha que monopoliza os shows de São Luís está disseminando, via internet, uma série de mensagens mentirosas tentando desqualificar o espetáculo Creedence/Abba the Show, marcado para novembro, em São Luís.

(…)

O Zema publicou um comentário (clique aqui para conferir na íntegra – se o blogueiro da Mirante não apagar) apontando a falta de compromisso com a informação por parte do denunciante da “quadrilha”, que fez críticas fortes a um grupo empresarial, mas não teve coragem de citar seu nome.

O comentário foi o bastante para despertar a ira do blogueiro que se autointitula “referência”, embora muita gente diga que ele é um semialfabetizado deslumbrado. Eu não chegaria a tanto. Acho que ele é apenas, digamos, extremamente relapso com a gramática e a ortografia.

Resposta do Marco Aurélio D’Eça ao comentário do Zema Ribeiro:

Quem é você idiota, pra dizer quem tem compromisso com a verdade? Um reles idiota que nunca conseguiu evoluir do pensamento de 1º período da faculdade. Vive alienado no tempo e no espaço, esquecido em guetos esquerdóides. Nem li sua idiotices – aliás, nem sabia que você conseguia escrever. Li Garrone e recebi e-mails da quadrilha – ou de serviçais da quadrilha, onde, parece, você está inserido.
Se o mercado de shows de axé é dominado pela Mirante/ Marafolia, você mesmo se desmente ao afirmar que meu compromisso é só com meus patrões. Se sou, porque critiquei (e não é de hoje como você sabe. Afinal, você ao contrário de mim, é leitor do meu blog). Não sou você, que sobrevive de migalhas daqueles que se declaram anti-Sanrey. Qualquer um que seja. E parece que a carapuça serviu mesmo. mas tenha certeza, insignificância, você seria a última pessoa de quem me lembraria ao falar em carapuça. Afinal, volto a repetir, nem sabia que você escrevia. Nunca ouvi falar de um blog do tal Zema Ribeiro.
Esta briga está acima de você, caro coitado, que só sobrevive nos guetos ou em bares fétidos do decadente Centro Histórico, discutindo o sexo dos anjos da ideologia esquerdóide do 1º Período da Faculdade ou de subculturas envernizadas por intelectualóides também aprisionados no 1º período, como você. E tudo isso a soldo do setor.
E posso te garantir uma coisa, caro serviçal da quadrilha ( e foi você quem se reveolu, não eu): qualquer show cover é melhor que o maior espetáculo de forró-zoada e axé alienante. Pode ter certeza.

P.S.: Ah! E agora sim, você será finalmente lido fora dos guetos esquerdóides. Afinal, apareceu em um blog de referência. Tanto que fez questão de mostrar o link. Mas tudo bem, eu deixo.

O sujeito que escreveu as palavras acima (já registradas no PrintScreen) é o mesmo que chamou o Flamengo de “antro de marginais” há alguns meses.

https://brasiliamaranhao.wordpress.com/2010/03/16/escriba-de-sarney-chama-flamengo-de-antro-de-marginais

Esse é um dos tipos que trabalham para a família Sarney. Jagunço das palavras.

Em tempo: para quem gosta de música, literatura e outras artes, sugiro fortemente a leitura do Zema:

http://zemaribeiro.blogspot.com – no Twitter: @zemaribeiro

Anúncios

Responses

  1. Essas coisas são, infelizmente, o retrato do nosso Maranhão…

  2. perdido estará o jornalismo no dia que blogues como deste ser, q aposto que não tem terça parte do repertorio de Zema, for jornalismo de referência.
    Um insulto ao jornalismo bom que se faz por aqui, a exemplo do blogue de Zema, que alias por estes e outros motivos é objeto de estudo do meu tcc.

  3. caramba, que raiva desse cara…

  4. Como esse cara é ridículo…

    Um insulto ao jornalismo bom que se faz por aqui, a exemplo do blogue de Zema [2]

    Zema é um comunicador de singular conhecimento, comprometido com direitos humanos e militante cultural e com um texto que Marco D’eça não merece ter em seu blog nem como crítica.

  5. chilique desnecessário. isso é só ganância. credo!

  6. caramba,não sabia que existia tanta baixaria no jornalismo maranhense.

  7. Esse tipo de conduta é característica nata de pessoa instável emocionalmente mais puxa-saco pretendendo um salário melhor.

  8. É só pra aparecer. Falta de elegância. O Zema não merece ter o nm exposto no blog dele. hehe

  9. Fui ao show, fiquei maravilhado ! curti, dancei, revivi aureos momentos da minha juventude ao som de “Have you ever seen the rain” e “Dancing Queen”. Posso afirmar que esta foi uma das melhores produções musicais já realizadas até hoje no Maranhão…. Uma pausa saudável no forrébolation que domina a cena “cultural” maranhense. Pena que estes embates pseudo-jornalísticos possam vir a destruir este embrionário movimento artístico da nossa terra !

    • Maravilha! Fico feliz! E é pseudojornalismo, com certeza. Jornalismo é algo muito distante do que fazem certos blogueiros da Mirante.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: