Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 27/09/2010

Mercenárias e William Blake em Provérbios do Inferno

Não gosta de poesia? Azar o seu.

Indiferente a música? Cada um com seus problemas.

Não conhece Mercenárias? Está perdoad@.

Nunca leu William Blake? Ainda há tempo.

*****

“Provérbios do Inferno”
(Trechos do poema de William Blake musicado pelas Mercenárias)

No tempo da semeadura, aprende; na colheita, ensina; no inverno, desfruta.
Conduz teu carro e teu arado por sobre os ossos dos mortos.
A estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria.
A Prudência é uma solteirona rica e feia, cortejada pela Impotência.
Quem deseja, mas não age, gera a pestilência.
O verme partido perdoa ao arado.
Mergulha no rio quem gosta de água.
O tolo não vê a mesma árvore que o sábio.
Aquele, cujo rosto não se ilumina, jamais há de ser uma estrela.
A Eternidade anda apaixonada pelas produções do tempo.
A abelha atarefada não tem tempo para tristezas.
Os alimentos sadios não são apanhados com armadilhas ou redes.
Torna do número, do peso e da medida em ano de escassez.
Um cadáver não vinga as injúrias.
O ato mais sublime é colocar outro diante de ti.
Se o louco persistisse em sua loucura, acabaria se tornando sábio.
A loucura é o manto da velhacaria.
O manto do orgulho é a vergonha.
Os tigres da ira são mais sábios que os cavalos da educação.
As Prisões se constroem com as pedras da Lei, os Bordéis, com os tijolos da Religião.
O orgulho do pavão é a glória de Deus.
A luxúria do bode é a bondade de Deus.
A fúria do leão é a sabedoria de Deus.
A nudez da mulher é a obra de Deus.
O rugir dos leões, o uivar dos lobos, o furor do mar tempestuoso e a espada destruidora são fragmentos de eternidade grandes demais para os olhos humanos.
A raposa condena a armadilha, não a si própria.
Os júbilos fecundam. As tristezas geram.
Que o homem use a pele do leão; a mulher a lã da ovelha.
O pássaro, um ninho; a aranha, uma teia; o homem, a amizade.
O que hoje se prova, outrora era apenas imaginado.
A ratazana, o camundongo, a raposa, o coelho olham as raízes; o leão, o tigre, o cavalo, o elefante olham os frutos.
A cisterna contém; a fonte derrama.
Um só pensamento preenche a imensidão.
Dize sempre o que pensa, e o homem torpe te evitará.
Tudo o que se pode acreditar já é uma imagem da verdade.
A águia nunca perdeu tanto o seu tempo como quando resolveu aprender com a gralha.
Da água estagnada espera veneno.
A raposa provê para si, mas Deus provê para o leão.

*****

Descobri o disco — “Trashland” — das Mercenárias ontem (domingo) no

Trashland, das Mercenárias, na prateleira do Adilson e da Viviana

Salvatore Café, do amigo Adilson, na praça São Salvador, aprazível ponto de encontro etílico-cultural no bairro das Laranjeiras, no Rio.

Olhei a prateleira e a capa do vinil, toda florida, chamou a atenção. Não conhecia a banda, que fez relativo sucesso na cena punk paulistana dos anos 80.

Quando abri o encarte e me deparei com o poema do genial William Blake, não tive dúvida em ficar com o disco. Como não tenho vitrola, será presente para a querida amiga Ana Straube.

Seguem links com textos sobre as Mercenárias e dois discos para download.

http://agoraerock.blogspot.com/2007/01/mercenrias-trashland-1988.html

http://decadasdesom.blogspot.com/2010/08/mercenarias.html

PS: No Salvatore Café, além dos deliciosos cafés que saem de uma máquina Nespresso, há uma qualificada variedade de cervejas especiais e empanadas chilenas, preparadas pela Viviana, representante da terra de Pablo Neruda que vive há oito anos na Cidade Maravilhosa. Recomendo fortemente!

Luciano, eu e Adilson - jornalistas, amantes da música e padrinhos do casamento da Tamara e do Marcelo

Anúncios

Responses

  1. Adorei os provérbios.
    Renderam boas risadas nesse que foi um dia tenso

    Vou sair por aí compartilhando quer escrevendo, quer recitando, quer somente vivendo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: