Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 30/08/2010

Sarney mentiu em 66. Roseana, desde 1994. Gláuber Rocha e a história provam

Nunca esqueci uma manchete principal de primeira página do jornal O Estado do Maranhão, o Diário Oficial da família Sarney, em meados da década de 70: “O Maranhão é o Paraná do amanhã”.

Descobri a manchete durante uma pesquisa na época do curso de jornalismo.

A referência não era exagerada. Com água e terra fértil em abundância, o Maranhão tinha — e ainda tem — tudo para ser um dos maiores produtores agrícolas do Brasil.

Além disso, qualquer pessoa que visite o Maranhão fica encantada com as belezas naturais e o patrimônio histórico-arquitetônico de sua capital e de outras cidades, tanto quanto sai decepcionada com a falta de investimento no setor turístico.

O que impede o desenvolvimento do estado que compete com Alagoas e Piauí — ganhando quase sempre — para ver quem possui os piores indicadores sociais do Brasil é o domínio político quase absoluto da família Sarney.

O ícone do Cinema Novo, Gláuber Rocha, em seu documentário “Maranhão 66”, registrou o discurso de posse do então jovem e promissor governador José Sarney. Para quem nunca assistiu, o curta revela-se como prova incontestável da matéria-prima fundamental da prática política da oligarquia Sarney: a mentira.

“Maranhão 66” – Gláuber Rocha

Roseana Sarney, eleita governadora em 1994 — quando não tínhamos urna eletrônica e o fenômeno de “emprenhar” urnas era muito comum — e reeleita em 1998, completa em 2010 uma década como responsável principal pelos rumos do Maranhão.

Sarney consagrou suas mentiras no palanque da praça João Lisboa. Roseana desenvolveu o ofício e difunde suas mentiras, muito bem elaboradas, pela televisão.

A Internet está servindo para desmascarar um pouco disso. As mentiras da campanha de 1994 estão no vídeo abaixo.

Rosengana, a oportunista

[ýoutube = http://www.youtube.com/watch?v=86USGys9Ubc%5D

Anúncios

Responses

  1. Juro que eu fiquei de estomago embrulhado…

  2. Podíamos imaginar um vídeo “Maranhão 666”.
    Quase meio-século depois e mostrar como o bigode e seus pupílos cuidaram bem do Maranhão, que esse pulha enche a boca pra falar. Fome, miséria extrema, condições subumanas de saúde.
    Pobre Glauber…
    Pobre Maranhão…
    Paupérrimo povo do Maranhão…

    • Já pensei muito numa “atualização” do vídeo do Glauber, mas essa não é muito minha praia. Fica a ideia! Certamente será muito bem recebida!

  3. tudo que vem da familia lixo ambulante sarney
    é o retrato de um pais da impunidade do vandalismo e da corrpção mas protegido pelo
    favor judiciario que perdeu a moral
    sarney presidente da facção criminosa PCCN
    primeiro comando do congresso nacional esta
    facção esta situado na praça dos tres vigarista
    antiga praça dos tres poderes
    a voz do povo é a voz de deus
    a voz do politico hoje e de certo de ministro é a voz do capeta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: