Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 02/09/2009

O que a turma do Sarney faz no interior do Maranhão

Os vídeos abaixo foram realizados durante a campanha municipal de 2008 em Itapecuru-Mirim(MA), cidade de 50 mil habitantes a 100Km da capital São Luís, que já foi a segunda mais importante do estado, na segunda metade do século XIX, quando a produção de arroz local era uma das maiores do Brasil.

O prefeito Junior Marreca (PR), que acabou reeleito, é aliado próximo da famiglia Sarney. Em uma de suas carreatas, a então senadora Roseana Sarney esteve presente.

A situação de Itapecuru na educação, na infraestrutura, na limpeza, na saúde e em praticamente todas as áreas da gestão pública não é muito diferente do restante do interior do Maranhão.

As imagens – ressalto, feitas em agosto de 2008, e não em 1908 – mostram o resultado concreto para a vida do povo maranhense dos quarenta anos de domínio político quase absoluto por parte de um esquema comandado por um clã, porém com sólidas ramificações em todas as esferas do poder, inclusive a econômica.

À época da campanha, os vídeos – que eram exibidos todas as noites nos comícios, num telão enorme – foram divulgados pelo blog do Marcelo Tas.

A hegemonia do e$quema Sarney é forte, mas há muita resistência.

Estive lá pelo fato de o candidato da oposição ao preposto de Sarney na cidade ter sido o meu pai, que jamais havia disputado qualquer cargo eletivo, mas encarou o desafio de desmascarar o prefeito.

A derrota eleitoral foi menor do que a vitória política maiúscula: a renovação da esperança em boa parte da população itapecuruense. O prefeito venceu a eleição, mas perdeu a moral. Foi desmascarado na campanha e não teve sequer coragem de ir ao debate que foi transmitido ao vivo pela rádio da cidade. Seus capangas chegaram até a ameaçar um dos meus irmãos de morte, como registrei em artigo com reflexões sobre uma eleição em terra dominada pelo coronelismo sarneísta, publicado na Adital.

Poucos meses depois, muita gente se arrependeu de ter dado (ou, possivelmente, vendido) o seu voto ao prefeito mentiroso. Itapecuru foi uma das cidades mais atingidas pelas chuvas que causaram inundações em centenas de municípios nordestinos. Enquanto o prefeito estava sumido de Itapecuru, Rogério Baiano colocava seus tratores e caminhões  a serviço da população afetada pelas enchentes (como se vê no vídeo abaixo). Durante vários dias, ele próprio operou um dos tratores, iniciando os trabalhos junto com os primeiros raios de sol e indo madrugada adentro. E sem cobrar nada por isso – enquanto algumas pessoas aproveitaram os transtornos para faturar algum trocado, alugando veículos para fazer o transporte de objetos, travessias nas áreas alagadas etc.

Rogério Baiano agora também escreve artigos para o brioso “Itapecuru Notícias”, primeiro portal noticioso da cidade, que cobre desde as sessões da Câmara Municipal até os eventos sociais da cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: