Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 08/06/2009

PIG tem convulsões e ANJ ataca Petrobrás

Como não poderia ser diferente, os escribas e representantes do PIG estão tendo convulsões diante do blog da Petrobrás.

A tática da empresa escancara como agem aqueles que, em nome da liberdade de imprensa, querem legitimar uma armação política da oposição para entregar às multinacionais do petróleo as reservas do pré-sal brasileiro – maior descoberta no setor nas últimas três décadas.

As provas* da mentalidade entreguista de PSDB-PFL-PPS e seus porta-vozes midiáticos são tão fartas e consistentes que, para (tentar) se livrar da pecha, a oposição agora quer apresentar uma PEC (Proposta de Emenda Constitucional para impedir a venda da Petrobrás. Factóide puro. Névoa para esconder as reais intenções da turma de Serra, F(MI)HC, Álvaro Dias, Arthur Virgílio et caterva.

Não cola. O carimbo já está bem firme na testa deles. Com a repercussão do blog da Petrobrás (e da blogosfera em geral), vai ser muito difícil sustentar as mentiras que – nos espetáculos em que se tornam as CPIs, pela atuação da oposição – normalmente acabam gerando as manchetes principais dos telejornais, jornalões e revistas, que servem, por sua vez, para ilustrar os vídeos das propagandas partidárias no horário eleitoral.

A peça hilária do dia é a nota da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), atacando a Petrobrás abaixo da cintura. O manifesto é ridicularmente pobre de argumentos. Acusa a empresa de promover “canhestra tentativa de intimidar jornais e jornalistas” e de violar o “direito da sociedade a ser livremente informada, pois evidencia uma política de comunicação que visa a tutelar a opinião pública, negando-se ao democrático escrutínio de seus atos”.

O signatário da nota, Júlio César Mesquita**, só não explica de que forma o trabalho dos jornalistas foi prejudicado ou cerceado. O que os escribas deixaram de publicar por conta da transparência oferecida pela empresa.

Resultado óbvio da peça: já foi desmontada, no blog.

Não deixe de ler o que o Nassiff disse sobre isso. Bem como o texto do Idelber Avelar e a interessante análise política feita pelo meu amigo Carlos Magnata.

*Estou reunindo as referências mais significativas para publicar juntas num texto único.

**A ANJ, que não é nada além de uma das representações dos (tu)barões da mídia, mantém uma Rede (www.liberdadedeimprensa.org.br) – com o site “em manutenção” – que se diz em “defesa da liberdade de imprensa”. Você pensou na metáfora da raposa cuidando do galinheiro? É pior do que isso. Escreverei em seguida sobre um dos casos analisados pela Rede.

Anúncios

Responses

  1. “Os jornalismo brasileiro anda tão combalido que a mera criação de um blog é suficiente para acossá-lo.”

    Essa frase já vale o post do Idelber

  2. Estou abismada com a dimensao que isso esta tomando! A jogada da Petrobras desmontou a midia, e eu estou a-d-o-r-a-n-d-o!

  3. e tu não assistiu o sérgio gabrielli no roda viva??? Não sabe o que perdeu, mas eu vou escrever um post sobre isso, mais tarde – que acabei de colocar três outros posts.

    xero, caba

  4. Eu sei que ainda é pouco, mas com o advento da internet, o acesso aos computadores inclusive notebook e principalmente o acesso as informações desta brava turma da blogosfera a massa, ou seja, o povo mais humilde aos poucos vão se livrando das amarras dos escravocratas hipócritas.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: