Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 19/05/2009

Ministério das Comunicações se trumbica com o Português

Segue pequeno artigo meu publicado no Observatório da Imprensa, chamando a atenção para um erro gramatical tosco comentido por algum(a) jornalista (?) do Ministério das Comunicações (!!!).

Original: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=538FDS007

MAU EXEMPLO
Ministério das Comunicações se trumbica com o Português

Por Rogério Tomaz Jr. em 19/5/2009

Numa época em que cultivei o sonho de me tornar engenheiro, antes de imaginar abraçar uma carreira tendo a palavra como ferramenta, fiz o pedido, um tanto ruborizado:

– Professora, posso ir no banheiro?
– Aonde você vai levar o banheiro, Rogério?
– Não entendi, professora.
– Se você quiser ir AO banheiro, eu deixo. Mas se quiser ir NO banheiro, para algum lugar, não poderei permitir, pois outros alunos podem querer usá-lo mais tarde.

Aprendi ali, na quinta série ginasial, uma lição sobre regência verbal que jamais esqueci. A paixão pelo jornalismo, já latente na criança que colecionava a revista Placar, veio, de fato, apenas um ano depois, quando passei a escrever artigos para publicações locais em São Luís do Maranhão, a “Atenas Brasileira”.

Infelizmente, a dimensão coloquial prevalece até mesmo entre profissionais que precisam, em tese, conhecer a norma culta da Língua Portuguesa.

Uma pergunta

Na manhã de segunda-feira (18/5), a procura de informações sobre a Conferência Nacional de Comunicação, abri o portal do Ministério das Comunicações e tive o profundo desgosto de ler uma certa manchete, em destaque na página inicial: “TV Digital chega em Fortaleza”.

O atentado violento deve ter causado perturbações ao espírito de José de Alencar, por ter o nome da sua terra natal – que também é a minha – associado a tal ultraje linguístico.

O erro crasso espanta ainda mais por vir justamente do ministério comandado pelo senador Hélio Costa, jornalista, integrante da Academia Barbacenense de Letras, ex-funcionário graduado da Rede Globo. Será que o ministro defende a obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: