Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 11/05/2009

Folha de SP teria enviado flores a missa de torturador

Furo de reportagem do excelente Cloaca News: (se não entender, leia os dois posts anteriores)

Na última quarta-feira, 6, os órfãos da ditadura, comovidos, patrocinaram Missa de Réquiem em memória do “Doutor Barreto”, o carniceiro que, na vida civil, atendia por Sérgio Paranhos Fleury, delegado da polícia paulista e proficiente colaborador da OBAN – Operação Bandeirante. A solenidade ocorreu nas dependências da Igreja N. Sra. de Fátima, no bairro do Sumaré, zona oeste paulistana.
Entre as coroas florais que ali abundavam, chamava a atenção um arranjo de crisântemos, gérberas e copos-de-leite com um bilhetinho manuscrito* : “Tio, você continua vivo em meu coração, e farei o que for possível para reabilitar a grandeza de sua biografia. Que saudade daqueles passeios que a gente fazia nas peruas C14 de papai…Ass: O.F.F”.

.
*A autenticidade do documento não pode ser assegurada – bem como não pode ser descartada.

=================

PS1: OFF, para quem não conhece, é Octavio Frias Filho, Diretor de Redação da Folha de São Paulo.

PS2: Se a Folha não leva o jornalismo a sério, quem pode levá-la a sério?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: