Publicado por: Rogério Tomaz Jr. | 17/11/2010

Aberta a caixa de Pandora do preconceito: “qualquer miserável que nunca leu um livro tem carro”

Preconceitos e discriminações de todo tipo sempre existiram e, provavelmente, continuarão existindo enquanto a natureza humana for tão estreita quanto os desejos que guiam uma imensa parcela da humanidade (incluída a parcela que dirige nossos destinos políticos e econômicos).

Mayara Petruso: piores do que ela existem milhões

No Brasil, entretanto, a campanha presidencial de 2010 ficará marcada não apenas como a mais suja da história, mas como aquela que conseguiu escancarar a caixa de Pandora dos valores mais abjetos que a nossa sociedade esconde sob os mantos e mitos da “cordialidade” e do multiculturalismo.

Mayara Petruso é apenas um caso que ganhou notoriedade midiática.

A xenofobia contra nordestinos e nortistas, o machismo/sexismo (tão fortemente expresso em alguns “argumentos” contrários ao voto em Dilma), o racismo, o preconceito de classe, a homofobia, o ultradogmatismo das igrejas (que não permite o Brasil conceder às mulheres um direito — a descriminalização do aborto — consagrado há décadas em todas as nações democráticas, inclusive na Itália, berço do Vaticano), entre tantas outras manifestações de preconceito, estão emergindo por dois motivos:

1. reação à derrota nas urnas do candidato que abraçou as ideias e causas protofascistas (que foi, efetivamente, financiado por organizações desta orientação política)

2. resposta ao estímulo oferecido pela maioria dos meios de comunicação (cujos donos e porta-vozes principais também engrossam o coro dos descontentes – sendo eufemista – com o resultado eleitoral), que tem generosamente aberto suas páginas editoriais e informativas, bem como seus microfones e câmeras para os indignados destilarem seu ódio.

Os exemplos não são muitos. São incontáveis!

Só a Safernet (ong que monitora crimes na Internet) denunciou mais de mil usuários de redes sociais.

O vídeo abaixo é da RBS de Santa Catarina, emissoria afiliada à Rede Globo.

Do comentarista da RBS-SC, Luis Carlos Prates:

popularização do automóvel, resultado desse governo espúrio, que popularizou (…) o carro para quem nunca tinha lido um livro

Abaixo seguem algumas matérias dos “blogs sujos” (segundo José Serra) ilustrando o que escrevi acima:

O PiG reforça o preconceito contra o nordestino – Paulo Henrique Amorim (a partir de matéria de Cynara Menezes, da Carta Cpital)

Neofascismo Paulista e a Mídia – Os ataques da Folha – blog do Tsavkko

Caso @Ju_Tedesco: “Apenas” mais racismo e preconceito ou AI5Digital e Vigilantismo? – blog do Tsavkko

Para quem acha que é teoria da conspiração, reparem nos Pondés… – blog MariaFrô

A Folha de S.Paulo, Mayara Petruso e a tentativa de justificar o injustificável – Escrevinhador (artigo de Juliana Sada)

Voto do nordestino vale o mesmo que o do paulista – Vi o Mundo (artigo de Maria Inês Nassif no Valor Econômico)

Por fim, deixo o comentário da Conceição Lemes (Vi o Mundo) sobre o episódio do vídeo acima.

Jornalista da RBS: “Hoje qualquer miserável pode ter um carro”
por Conceição Lemes

Em São Paulo, há muitos anos existe o rodízio de circulação de carros, baseado no final das placas.  Para driblá-lo, as famílias mais abastadas logo deram um jeito.  Passaram a ter dois, três, quatro carros na garagem, o que contribuiu, sem dúvida, para o aumento da frota nas ruas. Engraçado. Ninguém reclamou.

Porém, bastou o sonho do  veículo próprio (automóvel ou moto)  se tornar realidade para muita gente das camadas populares, para a chiadeira começar. A culpa? Ora, para a elite inconformada com o ascensão social dos pobres, é do presidente Lula, graças às facilidades de crédito.

O comentário  do jornalista Luis Carlos Prates num dos telejornais da RBS, afiliada de TV Globo em Santa Catarina, é exemplo da intolerância e do  preconceito.  O que será que ele disse quando um “mauricinho”,  filho de um dos diretores da emissora em que trabalha, estuprou uma colega adolescente de Florianópolis? Será que o abafamento do caso pela polícia e mídia locais também é culpa do Lula?

*****

Os cães ladram, mas a caravana passa.

PS: Peguei emprestado o termo “caixa de pandora do preconceito” (ou similar) no Twitter, provavelmente da Cynara Menezes. Se eu estiver errado, corrijam-em.

Atualização (dica da leitora Flávia Menani): vídeo onde o comentarista da RBS-SC expressa saudosismo pela ditadura militar.

Luís Carlos Prates e a saudade da ditadura militar

About these ads

Responses

  1. Companheiro Tomaz Jr., venho parabenizar-lhe pelo belíssimo blog. Muito bom mesmo. Já sou um dos seus seguidores.

    Aproveito o ensejo para convidar-lhe a visitar o meu blog: http://hugo-freitas.blogspot.com/

    Só assim, através das ferramentas comunicacionais da rede, poderemos combater o monopólio midiático em nosso Estado.

    Aguardo sua visita.

    Abraços fraternos.

    • Caro Hugo, obrigado pelas palavras, que servem de combustível. Gostaria de ter mais tempo para escrever mais e melhor, com mais zelo e profundidade, mas a produção coletiva compensa e conforta essa urgência que nos preme. Conheço seu blog – excelente, por sinal – e o acompanharei mais de perto. Abrs

  2. depois que vi esse vídeo, um nojo quase paupável tomou o ambiente aqui onde vivo. como assim a mayara petruso é processada e esse senhor que mais parece uma versão “gone wrong” do wagner montes passa desapercebido?
    sinceramente, muita vergonha!!!

  3. Querido, dá só uma olhada no naipe – Prates fazendo apologia à Ditadura:

    É outro de embrulhar o estômago.

    Parabéns pelo blog!

    • Sinistro mesmo! Tinha visto esse no blog do Miro, mas vou até colocar no post para as pessoas verem o tipo de pensamento desse sujeito. Valeu, abraço e beijo!

  4. Excelente postagem!

  5. Não há possibilidade de mudez diante da xenofobia e uma geração complicada. deixo o link de um texto que compõe parte da discussão http://ht.ly/3bckl

    Sua escrita foi necessária!

  6. OBESIDADE MÓRBIDA : Em Rondônia, mulher com 250 quilos morre aguardando assistência: http://t.co/Et9C0cp

  7. Poizé: esse Prates sempre foi racista, sempre foi preconceituoso. Falava as merdas dele e ninguém dizia CAT.

    Agora ele apareceu. E agora ele vai começar a tomar porrada.

    • É isso! Mais um dos efeitos positivos do tipo de democratização que a web permite. Um verme que era apenas local/regional ganha notoriedade nacional e vai apanhar (nas ideias) nacionalmente pelas asneiras e crimes que comete com suas palavras.

  8. Estado laico? Crucifixos proibidos no Corpo de Bombeiros de Tatuí/SP: http://t.co/bD9FA08

  9. Gostaria de ver, com a mesma força que tem para criticar a imprensa golpista, fizessem dessa critica algo que não se aplique aos que criticam.
    Pois, tirando o tom grosseirão feito pelo comentarista, existem muitos pontos que são verdades e que precisam ser levadas em conta, onde nem a midia nem os que o criticam observam. Faço a mesma pergunta aos que criticam a midia, por qual motivo não falar sobre os casos onde pessoas analfabetas tiram carteiras de motorista, ou como tivemos a um tempo atras onde até um cego conseguiu ter sua carteira de motorista. Discordo que o preço de automoveis deva ser exorbitante, para que poucos possam te-lo, mas acho errado qualquer um ter acesso. Isto por que muitas pessoas não tem a consciencia do que é ter um carro, dos gastos envolvidos. É imprescindivel que uma pessoa, ao sair a rua com seu automovel tenha condições de dirigir. E não é preconceito dizer que esta tenha que ser alfabetizada, pois tanto a lei quanto a propria necessidade exige isso. Para ler uma placa, para entender os proprios instrumentos do veiculo. Sendo assim, seria mais inteligente, transformar o discurso carregado do comentariasta em algo sobrio e não apenas uma critica vazia por não estar de acordo com seus ideais. Sejamos mais coerentes, pois nesse video, não foi dito nada do Nordeste nem de nordestinos mas foi comparado com o caso da Mayra. Analfabetismo e segurança no transito é sim algo que deva ser combatido, para o bem de todos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 183 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: